quarta-feira, 29 de junho de 2011


E de repente toda a gente se tornou certinha, cumpridora e sem falhas. Tornaram-se todos tão perfeitos, que se julgam superiores para julgarem os actos dos outros, para tecer criticas e opiniões, quando nem sequer estão reunidas todas as condições para isso. Coitados de nós, se fossemos castigados por todas as vezes que pisamos o risco ou somos irresponsáveis. Todos sabemos da importância do cinto de segurança, que não devemos exceder os limites de velocidade, que não devemos beber se vamos conduzir, que não devemos falar ao telemóvel ou enviar mensagens se vamos a conduzir. Ainda assim toda a gente quebra as regras uma vez ou outra, sem pensar nas consequências de tais actos, e não merece morrer por isso. A verdade é que ninguém devia morrer quando ainda tem muito para viver.


6 comentários:

Lux disse...

Nem mais... Mas agora está tudo armado em moralmente correcto...
E quem somos nós para julgar os outros?!
Enfim!

xoxo
Lux

kishikiari disse...

so true

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Completamente de acordo!

mari disse...

"A verdade é que ninguém devia morrer quando ainda tem muito para viver." ... messsmo!!!**

usprettythings disse...

nem mais, n percebo como há pessoas capazes de gozar com a situação :x

http://ohhyouprettythings.blogspot.com/

Ellie disse...

Concordo totalmente. :/

Seguidores